Página Principal Quallitá Farmácia de Manipulação
Minha cesta (0)

Nenhum item na cesta de compras

  • Ácido L-Aspártico 500 mg + Vitamina B6 50 mg   PRODUZ A ENERGIA QUE ALIMENTA TODAS AS ATIVIDADES DA CÉLULA
  • Ácido L-Aspártico 500 mg + Vitamina B6 50 mg   PRODUZ A ENERGIA QUE ALIMENTA TODAS AS ATIVIDADES DA CÉLULA

Ácido L-Aspártico 500 mg + Vitamina B6 50 mg PRODUZ A ENERGIA QUE ALIMENTA TODAS AS ATIVIDADES DA CÉLULA

 

Produz a energia que alimenta todas as atividades da célula       



PRINCIPAIS INDICAÇÕES:

 

Essa formulação é indicada para aqueles que sentem muita dor durante e depois dos treinos, que sentem fadiga muscular e câimbras ou espasmos musculares durante e depois dos treinos.

 

Ácido L-Aspártico

- Converte aminoácidos em energia muscular;

- Auxilia nos casos de fadiga crônica;

- Promove sensação de vitalidade e bem estar.

 

Vitamina B6 - Piridoxina

- Age na formação da serotonina;

- Reduz câimbras e espasmos musculares;

- Adjuvante nos tratamentos de ansiedade;

- Reduz o estresse oxidativo.



Produto manipulado com

Cápsulas vegetais

  • Informações
  • Composição/Posologia
  • Informações Adicionais
  • Literatura

Ácido L-Aspártico

O cérebro é o um dos principais sítios de ação desse aminoácido. Ele é utilizado nos casos de cansaço após exercícios e fadiga crônica por conta de sua participação no ciclo de Krebs.

É no ciclo de Krebs que transformamos o alimento que consumimos em energia para todas nossas atividades fisiológicas.

Além disso, o Ácido L-Aspártico participa da conversão de açúcares em energia muscular o que é útil tanto para quem deseja maior resistência nos exercícios físicos quanto para quem deseja queimar os carboidratos em excesso.

 

Vitamina B6 – Piridoxina

A vitamina B6 é importante para formação endógena da serotonina, sendo necessário que seus níveis estejam adequados no organismo para a síntese ocorra. A serotonina como se sabe está diretamente relacionada com o nosso centro de satisfação.

Ela reduz espasmos musculares e câimbras e sempre é associada a medicamentos contra dores musculares.

Além disso, ela auxilia na redução dos riscos de doenças cardiovasculares e no estresse oxidativo.

Ácido L-Aspártico 500 mg

Vitamina B6 50 mg

Excipiente qsp 1 cápsula

 

Tomar 1 cápsula por dia, 30 minutos antes do treino,com  pelo menos meio copo de água ou conforme orientação de um profissional habilitado.

 

Pode acontecer que tanto pela quantidade, quanto pela densidade dos produtos, a fórmula encomendada possa apresentar mais que 1(uma) cápsula por dose. Se isso ocorrer,será  informado no rótulo a quantidade correta de cápsulas a serem tomadas.

 

Características gerais:

O Ácido L - Aspártico é um aminoácido não essencial formado a partir do ácido glutâmico. Ele tem a vitamina B6 como seu cofator.

A Vitamina B6  ou piridoxina foi isolada da levedura de cerveja em 1934 e encontrada sob três formas: piridoxina, piridoxal e piridoxamina, sendo a piridoxina sua forma, por assim dizer, vegetal.

Juntas elas têm efeito sinérgico na fadiga crônica, estresse, cansaço e espasmos musculares.

 

Indicações:

O Ácido L - Aspártico é um neurotransmissor excitatório utilizado no tratamento de fadiga crônica, pois está envolvido no ciclo de Krebs, no ciclo da ureia e no metabolismo do DNA, além de converter carboidratos em energia muscular.

A Vitamina B6, além de ser seu cofator, é indicada para câimbras, espasmos musculares, na conversão de L-triptofano em serotonina, o que contribui com o aumento da sensação de bem estar e diminuição da irritabilidade e ansiedade.

Essa formulação, portanto é indicada para aqueles que sentem muita dor durante e depois dos treinos, que sentem fadiga muscular e câimbras ou espasmos musculares durante e depois dos treinos.

 

Precauções e reações adversas:

O Ácido L - Aspártico é um aminoácido e em doses elevadas – acima de 5 g por dia, pode causar cólicas estomacais e diarreia.

A Vitamina B6 deve é contraindicada para portadores do Mal de Parkinson, pois contribui com a conversão de L-dopa em dopamina, impedindo assim que ela ultrapasse a barreira hemato-encefálica e inquietação noturna em esquizofrênicos.

 

Modo de usar:

Essa formulação que é composta por Ácido L – Aspártico 500 mg e Vitamina B6  50 mg dever ser tomada 30 minutos antes do treino, uma vez ao dia,com  pelo menos meio copo de água ou conforme orientação de um profissional habilitado.

Pode acontecer que tanto pela quantidade, quanto pela densidade dos produtos, a fórmula encomendada possa apresentar mais que 1(uma) cápsula por dose. Se isso ocorrer,será  informado no rótulo a quantidade correta de cápsulas a serem tomadas.

 

 

 

Recomendações gerais importantes. Leia antes de usar:

 

 

1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado;

2. Imagens meramente ilustrativas;

3. Este medicamento não deverá ser partido ou mastigado;

4. É recomendável dieta equilibrada e exercícios físicos para auxiliar a redução de peso;

5. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto;

6. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico;

7. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido;

8. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem;

9. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças;

10. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica;

11. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica;

12. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica;

13. Este medicamento não deve ser utilizado durante o período de amamentação sem orientação médica;

14.  Respeite a dose diária recomendada.

15.   Venda mediante prescrição do profissional habilitado.

16. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO”

 

"O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário à informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto" RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.”

 

Referências consultadas:

MOURA, J. G. P. Ácido aspártico. In: A revolução dos nutrientes: um estudo sobre os radicais livres, vitaminas, minerais e sua avaliação no exame do cabelo. 4. ed. Pelotas: Editora Livraria Mundial, 2002, cap. 3, pg. 48-49

 

MOURA, J. G. P. Vitamina B6 (piridoxina). In: A revolução dos nutrientes: um estudo sobre os radicais livres, vitaminas, minerais e sua avaliação no exame do cabelo. 4. ed. Pelotas: Editora Livraria Mundial, 2002, cap. 3, pg. 147-152.

 

FRIEL, J. K et al. Thiamine, riboflavin, pyridoxine, and vitamin C status in premature infants receiving parenteral and enteral nutrition. Journal of Pediatric Gastroenterology & Nutrition, v. 33, n. 1, pg. 64-69, 2001.

 

CHRISTEN, W. G. et al. Folic acid, pyridoxine, and cyanocobalamin combination treatment and age-related macular degeneration in women: The women’s antioxidant and folic acid cardiovascular study. Archives International of Medicine, v. 169, n. 4, pg. 335-341, 2009

 

LAKHTAKIA, R. et al. The role of antioxidants in human health maintenance: small molecules with infinite functions. IJPSR, v. 2, n. 6, pg. 1395-1402, 2011.

Comentários


Segurança
Formas de pagamento
Atendimento
De segunda à sexta das 9h as 18h.
Entrega





Quallitá nas redes sociais
Facebook You Tube Twitter
Desenvolvido por
Loja Virtual Webstorm Iternet

projeto Pequeno Príncipe

CNPJ: 82.370.149/0001-27 - R. Dr. Kellers, 371 xjl - CURITIBA - PARANÁ

CNPJ: 82.370.149/0003/99 - Av. Republica Argentina , 3241 jjp - CURITIBA - PARANÁ

DÚVIDAS, RECLAMAÇÕES OU OBSERVAÇÕES, MANDE EMAIL PARA SAC@QUALLITA.FAR.BR