Orçamento fácil
é por Whats!


(41) 9847-3200

OK
Página Principal Quallitá Farmácia de Manipulação
Minha cesta (0)

Nenhum item na cesta de compras

  • Magnésio Glicil Glutamina 200mg - MGG - Auxilia no ganho de massa muscular e aumento da imunidade

Magnésio Glicil Glutamina 200mg - MGG - Auxilia no ganho de massa muscular e aumento da imunidade

 

Suplemento indispensável no ganho de massa muscular e aumento da imunidade.



PRINCIPAIS INDICAÇÕES:

 

Melhora a produção de energia;

Favorece o ganho de massa muscular;

Antioxidante;

Auxilia a recuperação muscular. 

Evita o catabolismo muscular. 

Aumenta a resistência imunológica. 

Auxilia na hipoglicemia e compulsão por doces ou álcool.

 

 



 

 

 

Melhora a produção de energia;

Favorece o ganho de massa muscular;

Antioxidante;

Auxilia a recuperação muscular;

Evita o catabolismo muscular;

Aumenta a resistência imunológica;

Auxilia na hipoglicemia e compulsão por doces ou álcool.

Produto manipulado em Cápsulas Vegetais

Comentários

  • Informações
  •  

    A atividade física intensa desencadeia uma série de reações metabólicas que levam ao catabolismo muscular para fins de obtenção de energia. O mesmo pode ser dito às outras causas de estresse físico, como as infecções, e ao jejum/desnutrição. Para evitar o catabolismo muscular e promover a síntese proteica, os mecanismos envolvidos nesses processos devem estar nutridos adequadamente.

     

    O Magnésio Glicil Glutamina ou MGG é um composto em que o magnésio é quelado com uma molécula de glicina e uma de glutamina. O resultado é uma molécula altamente biodisponível que contém nutrientes fundamentais para a resposta imunológica, síntese proteica, integridade intestinal entre outras funções. O Magnésio Glicil Glutamina fornece magnésio e glutamina em uma molécula única e estável. Estudos demonstram que este composto possui alta biodisponibilidade e é capaz de promover o anabolismo muscular em níveis comparáveis ao esteroide anabólico testosterona, com a vantagem de não produzir efeitos colaterais.

     

    Propriedades da Glutamina

     

    É utilizada intensamente pelos rins, fígado, intestino delgado e células do sistema imunológico, sendo o aminoácido mais abundante encontrado no organismo, usado como fonte de energia e síntese de nucleotídeos por todas as células de rápida divisão.

     

    É um aminoácido com funções anabólicas, sendo que existe uma correlação direta entre a taxa de síntese proteica e a concentração de glutamina extramuscular.

     

    Alguns tipos de depressão parecem estar associados à deficiência de glutamina.

     

    Possui um efeito anabólico no desenvolvimento muscular, isto é, promove a síntese proteica. Além de sua função anabólica, a glutamina também estimula o acúmulo de glicogênio muscular, para ser utilizado como fonte de energia. Mesmo que outros aminoácidos estejam em quantidades insuficientes, é a perda de glutamina que inicia o catabolismo muscular e as consequências metabólicas associadas.

     

    Quando glutamina suplementar é adicionada na dieta, pesquisadores notam que essa quantidade extra reduz ou elimina o catabolismo muscular. Porém, a glutamina não pode efetuar completamente sua função no anabolismo proteico caso haja quantidade insuficiente de magnésio. A glutamina serve como doadora de nitrogênio e carbono, sendo um importante aminoácido para o crescimento de massa muscular. Também ajuda a reabastecer o glicogênio muscular após os exercícios.

     

    No tratamento coadjuvante de câncer avançado, prolonga a sobrevida e diminui o catabolismo debilitante. Também melhora o sistema imune depletado nesses pacientes.

     

    Nos casos de hipoglicemia, a glutamina é catalisada no fígado para fornecer glicose (aminoácido gliconeogênico). Também serve de combustível para o músculo cardíaco, e no cérebro é produzida como uma defesa vital contra a amônia e o excesso de glutamato.

     

    Propriedades do Magnésio

     

    É um mineral que participa de diversos processos metabólicos, entre eles a ativação de enzimas necessárias à contração muscular e síntese proteica. Esses dois nutrientes são interdependentes e essenciais para o aumento da massa muscular. O magnésio é o ativador de inúmeros sistemas enzimáticos e, por essa razão, aproximadamente metade do magnésio no organismo se encontra em tecidos hepáticos e musculares. A atividade física intensa, estresse decorrente de enfermidades, traumas ou cirurgias e desnutrição/jejum causam depleção de magnésio.

     

    Autores relatam que a desempenho físico melhora com a suplementação de magnésio, provavelmente decorrente do envolvimento do magnésio na hidrólise de ATP (formação de energia). O magnésio é necessário não somente para a produção de energia, mas também estaria envolvido na síntese na formação de ácidos nucleicos e nucleoproteínas. Essas nucleoproteínas são subsequentemente degradadas em proteínas para manter o rápido crescimento tecidual, como dos músculos. O magnésio também está envolvido na síntese de proteína por contribuir na ligação do RNA mensageiro a ribossomos específicos.

     

    Quando não há magnésio suficiente, ocorre uma diminuição na síntese proteica. Portanto, tanto a deficiência de magnésio quanto a deficiência de glutamina podem interferir de forma importante no crescimento do tecido muscular. O magnésio está diretamente ligado ao ciclo metabólico da produção de ATP e de sua hidrólise e funciona como principal catalisador na ligação reguladora
    multienzimática entre os sistemas energéticos anaeróbios e aeróbios. Desta forma, o magnésio tem um papel fundamental na produção de energia. Com relação ao sistema imune, é fundamental para a diferenciação e regulação do ciclo celular, estabilidade da cromatina (DNA) nuclear, produção de espécies reativas de oxigênio e atividade hormonal e enzimática.

     

    Os resultados e indicações são avaliados e comprovados pelo fabricante e baseados nos estudos das ações do mesmo, descritos na literatura. Não os garantimos, visto que, eles variam de indivíduo para indivíduo e dependem de vários fatores como: hábitos alimentares, exercícios, patologias pré-existentes e do uso do produto, seguindo a posologia indicada. 

  • Composição/Posologia
  •  

    Magnésio Glicil Glutamina  200mg

    Excipiente qsp 01 cápsula vegetal

     

    Tomar 1 cápsula ao dia com pelo menos 1(um) copo de água.

     

    Validade:  4 meses.

     

    "Venda sob prescrição de profissional habilitado, de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Nossos farmacêuticos estão habilitados para prescrição farmacêutica. Consulte-nos!"

  • Informações Adicionais
  •  

    Estudos:

     

    Segundo fornecedor, foi realizado um estudo onde cada participante consumiu por completo uma solução preparada com 400mg de Magnésio Glicil Glutamina aproximadamente (40mg magnésio, 240mg glutamina e 120mg glicina).

    A absorção de glutamina do magnésio Glicil Glutamina pareceu ser muito rápida, mostrado pelo aumento de glutamina no sangue após 30 minutos.

    Outro estudo foi desenvolvido para determinar se o Magnésio Glicil Glutamina promoveria anabolismo muscular durante períodos prolongados de atividade física intensa.

     

    Os participantes que tomara o Magnésio Glicil Glutamina tiveram uma elevação média da massa magra de 3,2 kg, o grupo que consumiu a testosterona teve uma elevação em sua massa magra de 3 kg.

     

     

     

     

    Recomendações gerais importantes, leia antes de usar:

     

    1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado;

    2. Imagens meramente ilustrativas;

    3. Este medicamento não deverá ser partido ou mastigado;

    4. É recomendável dieta equilibrada e exercícios físicos para auxiliar a redução de peso;

    5. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto;

    6. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico;

    7. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido;

    8. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem;

    9. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças;

    10. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica;

    11. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica;

    12. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica;

    13. Este medicamento não deve ser utilizado durante o período de amamentação sem orientação médica;

    14. Os resultados e indicações são avaliados e comprovados pelo fabricante e baseados nos estudos das ações do mesmo, descritos na literatura. Não os garantimos, visto que, eles variam de indivíduo para indivíduo e dependem de vários fatores como: hábitos alimentares, exercícios, patologias pré-existentes e do uso do produto, seguindo a posologia indicada. 

     

     

    "O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário à informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto" RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.”

  • Literatura
  •  

    Informativo Técnico do Fornecedor.

     

    Cruzat, V. F.; Rogero, M. M.; Borges, M. C., Tirapegui, J. Aspectos atuais sobre estresse oxidativo, exercícios físicos e suplementação. Rev bras med esporte [online]. 2007, vol.13, n.5, pp. 336-342.

     

    Ashmead, H. de W., Função do magnésio glicil-glutamina quelato na regeneração muscular, Revista Brasileira de Medicina 2009 Vol. 66 No. 4 pp. 81-86.

    Cruzat, V. F., Alvarenga M. L., Borges, M. C., Tirapegui j, Metabolismo e Suplementação com Glutamina no Esporte. Rev Bras Nutr esportiva [online] v.4. n.21. p. 242 - 253. Maio/Junho 2010. 

     

    Curi R., Lagranha C.J., DOI S.Q., Sellitti D.F., Procopio J., Pithon-Curi T.C.

     

    Corless M, Newsholme P., Molecular Mechanisms of Glutamine Action, J. Cell. Physiol. Vol. 204, 2005, p. 392–401.

     

    Leite H. P., Metabolismo Proteico - Uso de Aminoácidos e Proteínas Especiais (Arginina, Glutamina, Aminoácidos de Cadeia Ramificada, Albumina), janeiro 2005, Universidade Federal de São Paulo.

     

    TROVA, W. L. J. - Material e informações científicas elaborados por Quallitá Farmácia de Manipulação. 2015, Revisado 2017.

    Segurança
    Wildcard SSL Certificates
    Formas de pagamento
    Atendimento
    De segunda à sexta das 9h as 18h.
    Entrega





    Quallitá nas redes sociais
    Facebook Instagram Twitter Blog Bem Estar e Saúde YouTube
    Desenvolvido por
    Loja Virtual Webstorm Iternet projeto Pequeno Príncipe

    CNPJ: 82.370.149/0001-27 - R. Dr. Kellers, 371 xlj - CURITIBA - PARANÁ

    DÚVIDAS, RECLAMAÇÕES OU OBSERVAÇÕES, MANDE EMAIL PARA SAC@QUALLITA.FAR.BR