Garra do Diabo (Harpagophytum procumbens) 500mg

Garra do Diabo (Harpagophytum procumbens) 500mg

Principais Indicações

Artrite;

Artrose;

Gota;

Reumatismo.

Ação: Analgésica; Anti-inflamatória; Espasmolítica.

 

Informações

 

Essa planta, é muito utilizada em doenças reumáticas, diabetes, arteriosclerose, doenças do fígado, rins e bexiga. Além de possuir também uma possível ação benéfica sobre doenças do estômago, vesícula, pâncreas e intestino. No fígado, a garra do diabo favorece um aumento da atividade, estimulando a desintoxicação, especialmente quando à eliminação de uréia.

A garra do diabo é originária da África e o seu principal componente ativo é o harpagosídio. Seu nome provém do aspecto do fruto ramoso e lenhoso provido de barbas semelhantes a garras.

 

Composição/Posologia

 

Garra do Diabo (Harpagophytum procumbens)  500mg

Excipiente qsp 1 cápsula

 

Tomar 1 dose 2 vezes ao dia ou conforme a orientação de um profissional habilitado.

 

Pode acontecer tanto pela quantidade, quanto pela densidade dos produtos, a fórmula encomendada apresentar mais de 1(uma) cápsula por dose. Se isso ocorrer, será informado no rótulo a quantidade correta de cápsulas a serem tomadas.

 

Informações Adicionais

 

Efeitos Colaterais

 

O uso prolongado, pode causar distúrbios na digestão, como dispepsia.

A urina pode apresentar-se ligeiramente escurecida durante o uso da garra do diabo.

 

 

Precauções

 

É contra-indicado para pacientes com úlceras gástricas e duodenais.

Seu uso não é recomendado durante a gestação, especialmente nos últimos meses podendo retardar o parto.

 

Validade: 4 meses.

 

Recomendações gerais importantes. Leia antes de usar.

1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado;

2. Imagens meramente ilustrativas;

3. Este medicamento não deverá ser partido ou mastigado;

4. É recomendável dieta equilibrada e exercícios físicos para auxiliar a redução de peso;

5. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto;

6. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico;

7. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido;

8. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem;

9. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças;

 

“O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário à informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto” RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.”

 

Literatura

 

Moussard, C., et al. "a Drug in Traditional Medicine, Haspagophytum procumbens: No Evidence for NSAID-Like Effect on Whole Blood Eicosanoid Production in Humans," Prostaglandins Leuko Essent Fatty Acids 46:283-86, 1992.

Whitehouse, L. W., et al. "Devil's Claw (Harpagophytum procumbens): No Evidence for Anti-inflammatory Activity in the Treatment of Arthritic Disease," Can Med Assoc J 129:249-51, 1983.

Van Hellemont, J., Compendium de Phytotherapie, Bruxelles: A.P.B., 1986, 492 p.

Pahlow, M.; El gran libro de las plantas medicinales, España, Everest, 1988, 465 p.

Cápsula
60 Cápsula Vegetal
120 Cápsula Vegetal

Escreva um comentário

Nota: O HTML não é traduzido!
    Ruim           Bom

  • Modelo: Garra do Diabo (Harpagophytum procumbens) 500 mg | Tomar 1 dose 2 vezes ao dia com pelo menos meio copo de água.
  • Disponibilidade: Em estoque
    Parcele em até 8 x R$5,18


  • R$37,99

Opcões disponíveis